Pular para o conteúdo principal

Sobre Nós

Aberto

Quais são os pilares da boa administração de restaurantes e bares?

Homem fazendo a administração de restaurantes e bares

Uma das questões que afasta possíveis empreendedores do setor alimentício são os problemas diários relacionados à administração de restaurantes e bares. O empresário enfrenta várias dificuldades como horários de trabalho diferentes, alimentos e bebidas perecíveis e questões trabalhistas que podem complicar a vida de quem não domina uma gestão eficiente.

Você é dono de um restaurante ou de um bar e quer saber como otimizar a gestão do seu estabelecimento? Preparamos este texto para você que deseja melhorar seu negócio. Continue a leitura e veja quais são os pilares da boa administração desse ramo empresarial. 

Planejamento estratégico

Para que a administração de restaurantes e bares seja eficiente, você deve criar um planejamento estratégico que seja capaz de estruturar o seu negócio. Assim, primeiramente, é preciso saber o que há de novo no mercado, compreendendo o que seus clientes desejam, as tendências para o setor, entre outros.

Você também deve se perguntar sobre quais recursos serão precisos para operar um bar ou restaurante com qualidade, se a sua localização é favorável para conquistar o público, se é viável trabalhar por meio da internet etc.

Após isso, é preciso criar um plano de negócios. Defina sua atividade-chave, ou seja, estabeleça qual será o tipo de serviço que será prestado para a população. Defina quais serão os principais recursos materiais e humanos para operar o negócio, seus objetivos, metas, por quais canais você vai atuar e entenda corretamente sua estrutura de custos. Tudo isso será determinante no seu planejamento estratégico.

Mapeamento de processos

Ao abrir um restaurante ou bar, é preciso pensar em como ele será administrado. Para isso, você deve mapear todos os processos internos e externos necessários para tornar sua gestão eficiente, inclusive procedimentos operacionais padrão para higiene e limpeza. É possível adotar desde um modelo de gestão orientado por indicadores e resultados até por um que seja inovador, como o direcionado na excelência de qualidade.

Tenha em mente que um bar ou restaurante conta com necessidades direcionadas para uma administração financeira e fiscal que seja acertada, assim como um melhor controle dos processos internos. Além disso, é preciso automatizar o seu atendimento, a fim de facilitar todas as operações do estabelecimento.

Gestão de fornecedores

Outra questão importante é manter um relacionamento com bons fornecedores e analisar como será a logística de entrega. Lembre-se que se trata do setor alimentício e que deve-se zelar pela segurança alimentar.

Normalmente, os restaurantes e bares menores tendem a procurar por mercadorias com fornecedores diferentes por causa dos preços. Contudo, essa prática não favorece o seu relacionamento com os fornecedores, o que pode resultar na perda de oportunidade para futuras boas negociações. Além disso, você corre o risco de seu cliente não aprovar seu produto, visto que sempre ocorrem alterações da matéria-prima utilizada na produção das bebidas e alimentos.

Gerenciamento de estoque

Um dos pontos mais importantes da administração de restaurantes e bares é gerenciar corretamente o estoque. Essa área não se resume somente em comprar mais insumos sempre que estiverem em falta. É fundamental que você verifique datas de vencimento para produtos perecíveis e promova o armazenamento correto dos alimentos. Além disso, você deve comprar apenas o que vai realmente utilizar para um certo período.

Perder mercadorias por conta de problemas com a validade é uma situação em que você estará desperdiçando dinheiro, além de reduzir a sua margem de lucro. Um gestor eficiente não comete esse tipo de falha, uma vez que prejudica totalmente o crescimento do negócio.

Otimização do ponto de venda

O ponto comercial deve estar alinhado ao seu público. Assim, será preciso estar presente em lugares que sejam coerentes com o seu nicho de mercado.

É fundamental se preocupar de onde vai vir o seu cliente, para que os produtos e serviços oferecidos sejam capazes de satisfazer às necessidades de quem vai consumir em seu estabelecimento.

Daí surge a necessidade de definir previamente o seu público, uma vez que não é interessante instalar um restaurante, por exemplo, destinado a servir refeições populares em um ambiente em que, historicamente, os restaurantes só apresentam movimento no momento do jantar com espaço gourmet.

Campanhas de marketing

Um dos grandes pilares da administração de restaurantes e bares é investir no marketing, a fim de fazer com que os consumidores conheçam o seu estabelecimento. Outdoors, panfletos e redes sociais são excelentes alternativas para atrair seu público.

Se for possível, é interessante realizar promoções de inauguração. Mesmo em uma época de crise econômica, unir produtos e serviços de qualidade e que sejam acessíveis é uma ótima maneira de divulgar seu estabelecimento, uma vez que a propaganda boca a boca continua sendo muito eficaz.

Além disso, com a internet e suas ferramentas, divulgar a sua marca é bem mais fácil. Por isso, é fundamental estar presente nas redes sociais e investir em estratégias para atrair novos consumidores de sua região.

Adequação às tendências

Ser dono de um bar ou restaurante é estar constantemente atento às inovações do mercado. Assim, você deve ser dinâmico e não ter receio de mudar, principalmente em pontos que exigem o uso de novas tecnologias, como softwares de controle, métodos de treinamento de colaboradores, ferramentas tecnológicas etc.

Tais modificações não vão alterar a identidade do bar ou restaurante, uma vez que a marca pode continuar intacta mesmo se você quiser otimizar seus processos ou mudar a decoração do ambiente.

No entanto, lembre-se de sempre se alinhar às mudanças do mercado e às normas vigentes, preparando sua equipe para o que há de mais inovador no setor de bares e restaurantes.

Diferencial competitivo

Para que uma administração de restaurantes e bares seja eficiente, é preciso que o seu negócio tenha um diferencial competitivo no mercado. Nesse sentido, você deve ter dados sobre todas as suas receitas e despesas, a fim de saber em que situação você pode cortar gastos. Oferecer produtos de qualidade por um preço mais em conta pode ser o diferencial do seu empreendimento.

Além disso, é preciso contar com uma equipe qualificada, pois esse fator influencia consideravelmente na satisfação dos seus clientes. Também é essencial que seu negócio conte com ferramentas que façam a diferença para o consumidor.

Por exemplo, é comum que bares tenham em seu cardápio o Chopp. O uso de um material de qualidade faz toda a diferença no sabor final do produto. Se a mistura do CO² for correta, o resultado dessa bebida será muito melhor. Esse diferencial pode atrair novos consumidores para o seu estabelecimento e fortalecer a marca.

Para que a administração de restaurantes e bares seja mais eficiente, é preciso que a sua gestão seja feita de forma estratégica, evitando-se desperdícios e custos desnecessários. Isso, além de melhorar a experiência do cliente, vai gerar mais lucros e fazer com que seu estabelecimento seja um destaque no seu ramo de atuação.

E aí, gostou deste post? Siga-nos nas redes sociais (Facebook, LinkedIn, YouTube) e fique por dentro de outros assuntos como este!